Saudita casa aos 97 depois de 80 anos longe da sua primeira amada

Receita de Saudita casa aos 97 depois de 80 anos longe da sua primeira amada

A | A
Desafiando os incrédulos na paixão e alimentando o espírito dos que um dia experimentaram a intensidade do primeiro amor, sem poder viver a sua história, um senhor saudita se casou com a sua primeira amada depois de 80 anos de espera.

Da redação Arabesq

Desafiando os incrédulos na paixão e alimentando o espírito dos que um dia experimentaram a intensidade do primeiro amor, sem poder viver a sua história, um senhor saudita, que completou os 97 anos de idade e teve 42 filhos e netos, se casou com a sua primeira amada depois de 80 anos de espera.

Quando jovem, Mohamad Eid pediu a mão da sua amada para seus pais, mas o pedido foi recusado, já que as suas traduções tribais só permitiam que ela casasse com algum de seus primos.

Assim o destino quis que se separassem e tentassem viver outros amores e construir outras vidas. Nos oitenta anos que se passaram a amada casou seis vezes, se separou de quatro e perdeu dois de seus maridos, sem dar a luz a um única criança. Já Eid casou e ficou viúvo duas vezes, se sentiu só, e lembrou do seu primeiro e antigo amor. Eid, aos 97, procurou a sua amada, já com 90, e a pediu em casamento, e ela aceitou.

O casal apaixonado agora revive a adolescência e volta a sonhar e planejar a festa do casamento que deve reunir os poucos que ainda vivem e conheceram a sua história de amor.

Com o jornal Al-Hayat.