Principal > Cultura > Notícias
Português العربية
publicidade
    Monday, November 18, 2019
ArabesQ
Newsletter

Receba as nossas notícias por e-mail


Al-Rumi será tema da primeira mega produção cinematográfica do Catar

 Imprimir Arabesq | 20/07/2009 A | A
Publicidade
Consciencia Jeans

A Fundação Catar Para Educação , Ciência e Desenvolvimento Social se prepara para a primeira fase da produção cinematográfica sobre a vida do poeta Sufista Jalal al-Din al-Rumi. A direção do filme será do indiano Muzaffar Ali, e o roteiro será supervisionado pelo escritor e diretor norte-americano David Ward.

A produção será da “Fine Pearl Studios”, criada recentemente pela Fundação Catar para apoiar grandes produções cinematográficas.

Esta é a primeira experiência deste tipo travada pela instituição do Catar para produzir e distribuir filmes de alta qualidade a nível global, em parceria com os melhores estúdios e artistas do setor a nível mundial, especialmente na Europa e nos Estados Unidos.

O diretor Muzaffar Ali disse que a produção de um filme sobre Al-Rumi é um sonho antigo para criar uma ponte de entendimento e harmonia entre os povos e as civilizações do oriente e do ocidente.  Ele revelou que tentou “atrair artistas internacionais que pensam com seus corações para ilustrar os poemas que transcendem a palavra como fez Al-Rumi em seus poemas”.  

"Creio que a linguagem da imagem reforçar o espírito de fraternidade entre as pessoas e contribui para a compreensão do outro" acrescentou.
Muzaffar elogiou a visão humanitária da Xeiqua Mozah Bint Nasser Al-Misnad que apóia o trabalho criativo.

Já o roteirista americano, David Ward, vencedor do Oscar de melhor roteiro original em 1974 com o filme “The Sting” (Um Golpe de Mestre), demonstrou satisfação pela sua escolha para o trabalho por uma empresa árabe pioneira na produção cinematográfica internacional.  Ele afirmou que "A visão do Al-Rumi é uma mensagem universal que endereça todas as civilizações do mundo e continua a ser uma fonte de inspiração para os seres humanos.”

Mahmoud Bonab, um dos diretores da “Pearl Studios”, disse que “Esta nova experiência no desenvolvimento de trabalhos criativos no cinema é impulsionada pela visão de Sua Alteza Xeiqua Mozah Bint Nasser Al-Misnad [...] para a construção da interação entre civilizações através da difusão da imagem iluminada sobre a história islâmica, e para o desenvolvimento de capacitações técnicas locais na produção cinematográfica”.

O poeta, jurista e teólogo muçulmano de origem persa, Jalal Al-Din Muhammad al Rumi, nasceu em Balkh, no atual Afeganistão, em 1207 e morreu na Turquia, em 1273. Ele vivia entre a pérsia antiga e a Síria, até se estabelecer definitivamente na Turquia onde conheceu Shams Tabrizi em 1244.

Embora os trabalhos de Rumi foram escritos em persa, a importância de Rumi transcendeu fronteiras étnicas e nacionais. Seus trabalhos originas são extensamente lidos em sua língua original em toda a região de fala persa. Traduções de seus trabalhos são bastante populares no sul da Ásia, em turco, árabe, e nos países ocidentais.

A BBC o descreveu como o "poeta mais popular na América". Após sua morte em 1273, seus seguidores e seu filho Sultan Walad fundaram a Ordem Sufi Mawlawiyah, também conhecida como ordem dos Dervishes (Darawish), famosos por sua dança Sufi conhecida como cerimônia sema.

A principal obra de Rumi é o Ma?nawiye Ma'nawi (Dísticos Espirituais; ????? ?????), um poema em seis volumesa considerado por alguns sufis[7] como o Corão em língua persa. É considerado por muitos como um dos maiores trabalhos de poesia mística.

Com al-Jazeera

 Imprimir

COMENTÁRIOS
 
Denise Bomfim 7/21/2009 4:45:17 PM
Salam! Fantástica ideia de expressar em filme o grande coração sufi. Já estamos aguardando o filme, pois a Arte ilumina a humanidade e aproxima os povos da compreensão.

E você, o que acha disso?
*Título
*E-mail
*Nome
*Comentário
*País
Enviar
* Todos os campos são necessários, o email não será exibido junto ao comentário. Não serão aprovados comentários com conteúdo indecente, racista, desrespeitoso e que não seja relacionado ao assunto comentado.
ArabesQ não se responsabiliza pelo conteudo dos comentários.
O Diretor Muzaffar Ali, e Mahmoud Bonab da “Pearl Studios” O Diretor Muzaffar Ali, e Mahmoud Bonab da “Pearl Studios”
Rádio Arabesq

VEJA TAMBÉM
MAIS VISTOS

Copyright © 2009 ArabesQ, todos os direitos reservados.