Principal > Cultura > Notícias
Português العربية
publicidade
    Friday, November 15, 2019
ArabesQ
Newsletter

Receba as nossas notícias por e-mail


A.Saudita autoriza o uso de telescópios para o avistamento do crescente lunar

 Imprimir Arabesq | 18/08/2009 A | A
Publicidade
Consciência Jeans

O Supremo Tribunal da Arábia Saudita permitiu que o avistamento do crescente lunar do mês sagrado de Ramadã ocorra a partir da noite dessa quinta-feira (20), com o auxílio de telescópios junto ao olho nu.

O calendário islâmico é baseado no ciclo lunar, o avistamento do crescente lunar por duas testemunhas em cada nação indica o início do mês e do jejum de ramadã. A oficialização do uso de telescópios para o avistamento é inédito no reino que só aceitava testemunhos de pessoas que viam o crescente a olho nu.

No domingo, um membro do conselho de cientistas islâmicos, Dr. Abdulmohsen Obeikan pediu para que não sejam aceitos testemunhos de avistamentos a não ser com a comprovação pela comissão oficial e por centros astronômicos “para evitar erros e ilusões sobre o crescente”.

Obeikan disse em uma declaração publicada no "Okaz" na segunda-feira, 17-8-2009: "Não é razoável que um ser humano possa ver o Crescente a olho nu sem que um observatório moderno também possa. [...] O problema está na aceitação de testemunhos de avistamento quando os observatórios não conseguem ver a lua após o por do sol".

O cientista islâmico esclarece que muitos se confundem e testemunham ver o crescente antes do por do sol, depois do qual a lua já não mais está presente no céu e portanto a visao não tem validade.

“Ainda há aqueles que buscam a fama ou outros fins, alegando terem visto o crescente em falso” alertou Obeikan.

- Saiba mais sobre o jejum no mês sagrado de Ramadã

 Imprimir

No momento não temos comentário, entre com o primeiro comentário aqui...
E você, o que acha disso?
*Título
*E-mail
*Nome
*Comentário
*País
Enviar
* Todos os campos são necessários, o email não será exibido junto ao comentário. Não serão aprovados comentários com conteúdo indecente, racista, desrespeitoso e que não seja relacionado ao assunto comentado.
ArabesQ não se responsabiliza pelo conteudo dos comentários.
Rádio Arabesq

VEJA TAMBÉM
MAIS VISTOS

Copyright © 2009 ArabesQ, todos os direitos reservados.