Principal > Cultura > Notícias
Português العربية
publicidade
    Tuesday, November 12, 2019
ArabesQ
Newsletter

Receba as nossas notícias por e-mail


Saudita pede divórcio ao descobrir apelido “Guantánamo” no celular do marido

 Imprimir Arabesq | 22/10/2009 A | A
Publicidade
Consciencia Jeans

Da Redação

Uma mulher saudita tentava ligar para localizar o celular do marido que havia o perdido em casa, e ficou em choque quando viu que o seu número foi apelidado de "Guantánamo” na agenda do marido.

A ofensa da esposa "Umm Ahmed" com o fato foi tanta que decidiu pedir o divorcio argumentando que isso a descreve de “dominadora e intolerável”, o que “diminui do seu valor” após 17 anos de casamento. Umm Ahmed insistiu que quer o divórcio ou uma indenização alta o suficiente para ensinar uma bela lição ao marido.

O marido se defendeu dizendo que usou este apelido para proteger a sua privacidade entre os amigos.

Guantânamo é uma cidade do sudeste de Cuba que deu nome a uma detenção militar dos Estados Unidos onde aprisionam suspeitos de terrorismo e guerrilheiros do Iraque e do Afeganistão.  A prisão recebe constantemente acusações de praticar abusos e torturas contra os prisioneiros mantidos em total sigilo e, muitas vezes, sem condenações ou acusações formais.

O Desabafo No Celular

Em outro caso, uma professora também saudita chamada “Umm Haytham” lamentou que alguns maridos coloquem apelidos inapropriados que geram risos ou raiva nas esposas, como quando ficou revoltada ao saber que a sua amiga era chamada de "espinha entalada na garganta" no celular do marido, apesar da amiga ter levado o caso de “peito aberto e bom humor”.

Khalid Al-Maliki, escolheu o nome de "departamento criminal" para a esposa que, segundo ele, lhe causa estresse e ansiedade de tanto ligar para ele “investigando” onde está e o que está fazendo. Para o Khalid o apelido ajuda a descontrair um pouco esta pressão alem de proteger o número da esposa caso o seu celular caia, por acaso, na mão de seus amigos.

Já Khaled Omar acredita que o melhor apelido para a sua esposa é "salário" porque, segundo ele, ela não hesita em gastar todo o seu salário com muitos pedidos para ela e para seus filhos “sem misericórdia ou consideração”.

Mohamad al-Uatu, professor de psicologia na universidade islâmica Imam Muhammad bin Saud, acredita que "estas denominações inadequadas e provocadoras para as esposas não tem a haver com a proteção da privacidade como alegam os maridos, mas é reflexo direto da relação conjugal entre eles e as esposas”. Ele alertou tambem dos apelidos dados às esposas dentro de casa, pois esses seriam “um perigo e se dirigem como tiros diretamente contra o coração das mulheres, especialmente quando são ouvidos pelos filhos do casal, trazendo efeitos muito negativos para o futuro de toda a família”.

Com al-arabiya

 Imprimir

COMENTÁRIOS
 
Paloma 10/24/2009 12:16:07 PM
Concordo com o Mohamad al-Uatu, apelidos aparentemente inocentes escondem o que realmente sentimos e as vezes não temos consciência. Comentários e apelidos depreciativos não devem ser tolerados de maneira nenhuma.

E você, o que acha disso?
*Título
*E-mail
*Nome
*Comentário
*País
Enviar
* Todos os campos são necessários, o email não será exibido junto ao comentário. Não serão aprovados comentários com conteúdo indecente, racista, desrespeitoso e que não seja relacionado ao assunto comentado.
ArabesQ não se responsabiliza pelo conteudo dos comentários.
Rádio Arabesq

VEJA TAMBÉM
MAIS VISTOS

Copyright © 2009 ArabesQ, todos os direitos reservados.