Conselho de Direitos Humanos da ONU condena proibição de minaretes

Receita de Conselho de Direitos Humanos da ONU condena proibição de minaretes

A | A
Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas aprovou uma resolução apresentada pelo Grupo do mundo islâmico condenando a proibição da construção de minaretes das mesquitas.

Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas aprovou uma resolução apresentada pelo Grupo do mundo islâmico condenando a proibição da construção de minaretes das mesquitas, em referência à resolução aprovada na Suíça que proíbe a construção de minaretes em seu território.

Na sua décima terceira sessão, o Conselho da ONU considerou a proibição dos minaretes um ato que estimula a descriminação e o extremismo, que resultam em graves conseqüências, imprevistas e indesejadas.

O Conselho aprovou a resolução intitulada "Combate à difamação das religiões" no item n º 9 de racismo, discriminação racial, xenofobia e formas conexas de intolerância no âmbito do acompanhamento e implementação da Declaração e Programa de Ação de Durban.

A resolução condena fortemente a proibição da construção dos minaretes das mesquitas e outras medidas discriminatórias tomadas recentemente, considerando as mesmas uma manifestação da islamofobia, que contraria as obrigações de direitos humanos internacionais sobre liberdade de religião, pensamento, consciência e expressão.

O texto da resolução sublinha que estas medidas discriminatórias elevam o preconceito, o extremismo e a incompreensão que leva à polarização.