Principal > Cultura > Notícias
Português العربية
publicidade
    Thursday, November 21, 2019
ArabesQ
Newsletter

Receba as nossas notícias por e-mail


A libanesa Rima Fakih foi eleita Miss Estados Unidos

 Imprimir al Arabesq | 17/05/2010 A | A
Publicidade
Consciência Jeans

A norte-americana de origem libanesa, Rima Fakih de 24 anos, foi eleita Miss Estados Unidos em uma cerimônia realizada neste domingo em Las Vegas.

Rima Fakih, Miss Estados Unidos


Fakih nasceu no Líbano, emigrou ainda criança para os Estados Unidos e se mudou com a sua família para o Michigan, onde começou a sua jornada rumo ao título de Miss Michigan.

Rima é a primeira árabe e muçulmana a ganhar o Miss Estados Unidos. Ela é da pequena aldeia “Sarifa” localizada no sul do Líbano. Fakih é bacharel em economia pela universidade de Michigan, e pretendia estudar direito.

A organização do concurso Miss Estados Unidos estimou o número de espectadores do evento em cerca de 250 milhões de pessoas de todo o mundo.

 Imprimir

COMENTÁRIOS
 
Zainab 5/18/2010 9:00:52 AM
Uma mulher musulmana não se expoe quase nua em publico. os que O adjetivo musulmana e para envergonhar o islam.

Laila 5/18/2010 11:04:57 PM
Se ela quer se depravar,que o faça sozinha, sem carregar consigo o nome de muçulmana, que significa submeter-se a Allah, e não à decadência moral. Concordo com Zainab, o adjetivo muçulmana é para envergonhar o Islam.

Zainab 5/19/2010 9:40:13 AM
Eu li em outro site que ela foi criada no cristianismo. O jornal nacional, disse e mostrou que ela foi e estriper, Talvez os jornalistas aproveitaram para jogar mais lama no islam.

Maryam Haddad 5/19/2010 2:44:39 PM
Rima Fakih não envergonha ninguém, pelo contrário, enaltece a beleza libanesa e assim, muda um pouco a estética de beleza "Barbie" norte-americana. Além disso, abole preconceitos étnicos e sociais. A vergonha e o pecado estão na mente negativa das pessoas, ao invés de plantar a paz, plantam discórdia na Terra. Salam!

jamile 5/19/2010 4:59:45 PM
seja ela muçulmana ou católica, xiita, sunita, evangélica, o que for ela é bonita aliás é linda e além de nos dar orgulho ela eleva os arabes de forma geral, que fazer se nos states não tem outra deste quilate e teve que ser representada por uma libanesa. é um orgulho. beijos a todos

Rute Custodio 5/20/2010 6:35:29 PM
Acho muito corajosa e bonita esta libanesa, que como toda mulher, pode representar a beleza feminina, ainda mais tendo a oportunidade de representar os EUA, desejo boa sorte para ela. Acredito que Deus não vai puni-la por isso.

Laila 5/21/2010 1:52:53 PM
Sim, chamá-la muçulmana nesse caso é proposital para envergonhar o Islam, digo o Islam e não o Líbano. Alhamdullillah eu sou muçulmana e não árabe, e não preciso me projetar num objeto sexual do Ocidente para sentir orgulho de minha feminilidade. Se uma barbie loira ou uma asiática ganha esses concursos pouco me importa, contanto que não suje o nome do meu amado Islam. Se Allah vai puni-la não sei, mas esse tipo de concurso é degradante para as mulheres e toda verdadeira muçulmana que lê o Alcorão sabe que Allah mandou a mulher se cobrir e Allah sabe melhor. Eu peço desculpa a todos, eu é que estou comentando no espaço errado, eu me equivoquei achando que era um site de muçulmanos, mas pela mulher seminua na propaganda da homepage e pelos comentários aqui, estou no lugar errado, é um site kafir. Fiquem com Deus que vou procurar o meu lugar inshallah.

Portal Arabesq 5/22/2010 4:26:34 PM
Prezadas Leitoras,

O Portal Arabesq é apartidário e sem identidade religiosa, tem entre seus objetivos a divulgação e a desmistificação de diversos componentes da cultura árabe em busca de aproximação e melhor convivência entre os povos. Portanto, de forma alguma tem a intenção de atacar ou denegrir a imagem do islã ao qual dedica uma ampla seção, uma das maiores do Brasil, que tem ajudado a esclarecer dúvidas de milhares de pesquisadores em todo o território nacional.

Para confirmar tais princípios e a nossa dedicação aos nossos leitores retiramos do título da notícia o adjetivo “muçulmana”, mas o mantivemos no texto já que é uma identificação divulgada pela própria jovem Rima Fakih...

Portal Arabesq 5/22/2010 4:27:02 PM
...Também em sinal de respeito tratamos, junto ao patrocinador, da mudança da imagem da campanha publicitária citada na crítica, esperando assim remediar qualquer inconveniente.

Esperamos que continuem sempre criticando o nosso trabalho, pois é o que nos faz caminhar em direção de um conteúdo de melhor qualidade que se identifique com todas as diversidades e complexidades da cultura e da sociedade árabe.

Atenciosamente,

Portal Arabesq

Yunes Mohammad 5/23/2010 8:21:44 PM
Que mulher linda , dane-se se é libanesa, arabe ou etc... a questão e a beleza, na porta do milenio certos preconceitos tem que cair por terra afinal a mulher e semelhante ao homem fora do sentido biologico. parabens e dane-se os radicais !

12
E você, o que acha disso?
*Título
*E-mail
*Nome
*Comentário
*País
Enviar
* Todos os campos são necessários, o email não será exibido junto ao comentário. Não serão aprovados comentários com conteúdo indecente, racista, desrespeitoso e que não seja relacionado ao assunto comentado.
ArabesQ não se responsabiliza pelo conteudo dos comentários.
Rima Fakih (24), libanesa e muçulmana eleita Miss Estados Unidos Rima Fakih (24), libanesa e muçulmana eleita Miss Estados Unidos
Rádio Arabesq

VEJA TAMBÉM
MAIS VISTOS

Copyright © 2009 ArabesQ, todos os direitos reservados.