Principal > Cultura > Notícias
Português العربية
publicidade
    Thursday, November 14, 2019
ArabesQ
Newsletter

Receba as nossas notícias por e-mail


Muçulmanos podem totalizar 26,4% da população mundial em 2030

 Imprimir Arabesq | 28/01/2011 A | A
Publicidade
Consciência Jeans

A queda da taxa de natalidade vai desacelerar o crescimento da população muçulmana no mundo  de 2,2% ao ano em 1990-2010 para 1,5% ao ano nas próximas duas décadas.

Serão 2,2 bilhões de muçulmanos em 2030 contra 1,6 bilhões em 2010, compondo 26,4% da população mundial, 3% acima do que representa hoje, de acordo com estimativas do Fórum Pew sobre Religião e Vida Pública.

- Saiba Mais Sobre O Islã

A reportagem não divulga números para a população mundial de outras grandes religiões, mas disse que o Pew Forum dos Estados Unidos planejou relatórios semelhantes sobre as perspectivas de crescimento para o Cristianismo, hinduísmo, budismo e o judaísmo em todo o mundo.

"A taxa de crescimento em declínio é resultante, principalmente, da queda das taxas de fertilidade em muitos países de maioria muçulmana", com o aumenta da educação da mulher muçulmana e a migração da população das áreas rurais para as cidades, explica o relatório.

"Globalmente, a população muçulmana crescerá cerca de duas vezes a taxa da população não-muçulmana nas próximas duas décadas - uma taxa média de crescimento anual de 1,5 por cento para os muçulmanos, em comparação com 0,7 por cento para os não-muçulmanos".

O relatório, intitulado "O Futuro da População Muçulmana Global, faz parte de um programa do Fórum Pew para analisar a mudança religiosa e seu impacto nas sociedades ao redor do mundo.

Cerca de 60% dos muçulmanos do mundo devem viver na região da Ásia-Pacífico, em 2030, 20% no Oriente Médio, 17,6% na África abaixo do Saara, 2,7% na Europa e 0,5% nas Américas.

O Paquistão vai ultrapassar a Indonésia, em uma década, como a nação com mais muçulmanos no mundo,  enquanto a minoria muçulmana da Índia deve manter a terceira maior população muçulmana.

A imigracao continuada deve aumentas as minorias muçulmanas na Europa em até um terço, subindo de 6% a 8% do total da população regional.

Muçulmanos na França devem totalizar 6,9 milhões em 2030, ou 10,3% da população, na Grã-Bretanha 5,6 milhões (8,2%), e na Alemanha 5,5 milhões (7,1%).

A porcentagem de muçulmanos entra a população dos EUA deve crescer de 0,8% em 2010 para 1,7% em 2030, segundo o estudo.

"A desaceleração do crescimento da população muçulmana é mais pronunciada na região da Ásia-Pacífico, Oriente Médio, Norte de África e Europa, e menos acentuada na África subsaariana", ao contrario da aceleração que deve ocorrer nas américas até 2020.

Muçulmanos sunitas continuarão compondo a maioria esmagadora no Islã, cerca de 87-90%, sempre segundo o estudo. Enquanto o número de xiita pode declinar por causa das taxas de natalidade relativamente baixas no Irã, onde vive um terço de todos os xiitas.

O estudo viu uma estreita ligação entre educação e taxas de natalidade em países de maioria muçulmana. As mulheres nos países com menos educação tinham cerca de cinco filhos, já naqueles em que as meninas tiveram maior escolaridade a média é de 2,3 filhos.

O estudo afirma ter considerado "todos os grupos e indivíduos que se auto identificam como muçulmanos", incluindo as pessoas seculares, sem medir os níveis de religiosidade.

 Imprimir

COMENTÁRIOS
 
alberto davi 7/8/2012 1:52:58 PM
como uma religião retrograda que prega o exterminio de outras religiões e uma religião predominantemente maxista cujo seu somente os homens tem direito a felicidade eterna com 72 virgens e as mulheres não tem direito a ter 72 garotões bem dotados . Uma religião como esta tende a exitinção

E você, o que acha disso?
*Título
*E-mail
*Nome
*Comentário
*País
Enviar
* Todos os campos são necessários, o email não será exibido junto ao comentário. Não serão aprovados comentários com conteúdo indecente, racista, desrespeitoso e que não seja relacionado ao assunto comentado.
ArabesQ não se responsabiliza pelo conteudo dos comentários.
Rádio Arabesq

VEJA TAMBÉM
MAIS VISTOS

Copyright © 2009 ArabesQ, todos os direitos reservados.