‘Irmandade Islâmica’ cria comissões para proteger igrejas no fim de ano no Egito

Receita de ‘Irmandade Islâmica’ cria comissões para proteger igrejas no fim de ano no Egito

A | A

A Irmandade Islâmica, vencedora das eleições parlamentares no Egito, anunciou que está formando comissões populares para proteger as igrejas cristãs durante as festividades do fim de ano no Egito.

Um comunicado oficial do grupo, divulgado nessa quarta-feira, afirma que a medida visa impedir ‘mal-intencionados’ de estragarem as festividades como tem ocorrido repetidamente nos anos anteriores sob o controle do governo deposto de Hosni Mubarak. O grupo pediu também ao conselho militar e às forças policiais, que protejam as igrejas da mesma forma que protegeram as eleições no país.

Uma comissão de altos representantes da Irmandade, liderada pelo Dr. Mahmud Ezat, primeiro secretário, se encarregará que levar as felicitações pelo natal e o ano novo aos cristãos no Egito.

“Nós participaremos dessas festividades sagradas ao lado dos nossos irmãos, os cristãos” afirma a declaração.

A Irmandade lembrou também que o Alcorão sagrado, dedicou a Jesus Cristo grandes comemorações e tornou a crença nele um dos fundamentos do Islã. O Alcorão também homenageou a Virgem Maria com um capitulo inteiro constantemente admirado e recitado pelos muçulmanos.

- Saiba Mais Sobre O Islã