Principal > Cultura > Notícias
Português العربية
publicidade
    Thursday, November 21, 2019
ArabesQ
Newsletter

Receba as nossas notícias por e-mail


Especialistas pedem o fim do analfabetismo entre as mulheres

 Imprimir Agências | 19/06/2008 A | A
Publicidade
Consciência Jeans
Especialistas árabes defenderam a necessidade de acabar com o problema do analfabetismo no mundo árabe, especialmente entre as mulheres, principalmente nas zonas rurais. E lembraram que a religião islâmica não impede as mulheres de atuarem em muitas áreas de trabalho na sociedade.

Tal recomendação ocorreu na conclusão do fórum internacional realizado na Tunísia, com o título "a imagem da mulher árabe na educação entre os estereótipos e o papel no desenvolvimento" que contou com a participação de diversos especialistas em Educação e mulheres ativistas de vários países árabes.

Os palestrantes apelaram sobre a necessidade de mudar a imagem estereotipada das mulheres árabes e acabar com a discriminação contra as Mulheres.

A Organização Árabe para a Educação, Ciência e Cultura (Alekso), que organizou o fórum, divulgou informe que chama a atenção para a importância do desenvolvimento de livros didáticos de forma científica, para provocar maior integração harmoniosa e superar as disparidades e as diferenças nas imagens existentes da mulher.

Congressistas declararam que há uma tendência histórica de discriminação contra as mulheres, o que causou diferentes dimensões de um estado de inferioridade, mesmo para as próprias mulheres. Também reforçaram o conceito de que o Islã promove o fortalecimento da imagem da mulher e a estimula a participar nos diferentes meios da sociedade como o político, econômico, cultural e social.
 Imprimir

No momento não temos comentário, entre com o primeiro comentário aqui...
E você, o que acha disso?
*Título
*E-mail
*Nome
*Comentário
*País
Enviar
* Todos os campos são necessários, o email não será exibido junto ao comentário. Não serão aprovados comentários com conteúdo indecente, racista, desrespeitoso e que não seja relacionado ao assunto comentado.
ArabesQ não se responsabiliza pelo conteudo dos comentários.
Rádio Arabesq

VEJA TAMBÉM
MAIS VISTOS

Copyright © 2009 ArabesQ, todos os direitos reservados.