Empresário perde tudo com crise, mata a família e comete suicídio

Receita de Empresário perde tudo com crise, mata a família e comete suicídio

A | A
O empresário egípcio “Sami Alfred” baleou a sua esposa e os dois filhos antes de cometer o suicídio em um momento de descontrole por ter perdido sua fortuna com a crise econômica global.

O empresário egípcio “Sami Alfred” baleou a sua esposa e os dois filhos antes de cometer o suicídio em um momento de descontrole por ter perdido sua fortuna com a crise econômica global.

A investigação do caso descobriu que o milionário egípcio teve seus negócios duramente afetados pela crise econômica que o levou à falência. Com isso ele vivia a pressão do prejuízo e se sentia incapaz de atender os desejos da esposa e dos dois filhos, André (12) e Erni (18).

Os vizinhos da família confirmaram aos investigadores que Sami brigava constantemente, nos últimos meses, com a sua esposa, após ter a situação econômica fortemente afetada com os prejuízos em diversos projetos.

O crime que ocorreu em 13/8/2009 é o segundo do tipo no Egito. Há dois meses, outro empresário, Sharif Kamal Al-Din, que perdeu tudo na bolsa de valores, assassinou a esposa e os filhos que viviam no mesmo bairro nobre no Cairo. Apesar de ter tentado o suicídio, o empresário sobreviveu, mas foi condenado à morte por enforcamento.

Com al-Arabiya