Principal > Economia > Notícias
Português العربية
publicidade
    Monday, November 18, 2019
ArabesQ
Newsletter

Receba as nossas notícias por e-mail


Siria e Brasil vão reforçar laços educacionais de fortalecimento ao empreendedorismo

 Imprimir Arabesq | 04/07/2010 A | A
Publicidade
Consciencia Jeans

Laços políticos e afinidades em questões internacionais relevantes são tão importantes quanto laços econômicos, sociais, educacionais e científicos para a sustentação de um processo significativo de cooperação entre países como Síria e Brasil. Este foi a mensagem da primeira dama daquele país, Asma Al-Assad, no encerramento da visita que fez ao Centro de Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico da Universidade de Brasília.

"A rica experiência brasileira indica uma visão completa de apoio a projetos que influenciam positivamente no crescimento da nação” acrescentou Asma.

O CDT abriga integrantes do Projeto Incubadoras de Empresas Inovadoras, implementado em parceria com o Sebrae. A primeira dama, que acompanha o marido Bashar Al-Assad, presidente da Síria, em visita oficial ao Brasil, cumpriu em Brasília uma agenda para conhecer ações públicas e privadas de apoio ao empreendedorismo e à inserção dos jovens no mercado de trabalho como empresários.

Ao chegar à Universidade de Brasília, Asma Al-Assad foi recebida pela decana de Pesquisa e Pós-Graduação, professora Denise Bomtempo, pela vice-diretora do CDT, Ednalva Fernandes, e pelo presidente em exercício do Sebrae Nacional, Carlos Alberto dos Santos, que enfatizou, na abertura da reunião, os laços históricos que ligam as comunidades síria e brasileira.

“Há pelo menos um século, sírios chegaram e continuam chegando ao Brasil e se inseriram na nossa sociedade plenamente. Hoje são milhões de descendentes de segunda e terceira gerações, excelentes negociantes e exemplos de talento empreendedor. As famílias sírio/libanesas, além de trabalharem em prol do desenvolvimento econômico brasileiro, influenciaram muito nossa cultura, inclusive a nossa culinária e a nosso próprio jeito de falar, que incorporou muitas palavras árabes,” afirmou Carlos Alberto.

Logo depois foi apresentado um vídeo institucional que mostrou o trabalho do Sebrae nas mais diferentes áreas, como a de acesso à inovação, serviços financeiros e agronegócios. Em seguida, o presidente em exercício do Sebrae respondeu a várias perguntas de uma muito interessada primeira dama.

Asma Al-Assad quis saber não apenas sobre as ações do Sebrae, mas também como a Instituição trabalha com governo e parceiros, assim como os recursos disponíveis. Quis saber ainda como o Sebrae interage com as universidades e ficou particularmente interessada em ações como o Desafio Sebrae, jogo online que simula a administração de uma empresa e que este ano está envolvendo 148 mil jovens universitários. Ela pediu ainda informações sobre a legislação em vigor que sustenta os estímulos e o tratamento diferenciado - inclusive tributário - para micro e pequenas empresas brasileiras.

As representantes da Universidade de Brasília também tiveram oportunidade de apresentar à primeira dama síria o funcionamento do CDT e como é o trabalho de transferência para a sociedade, via empresas, do resultado de pesquisas e do conhecimento acadêmico. A visita terminou com uma visita a algumas das empresas incubadas no Centro, como a Kryos, que atua na área de tratamento térmico (criogenia), a Behold, que atua na área de desenvolvimento de jogos eletrônicos, e a Optmedia, da área de educação a distância.

Com Agência Sebrae

 Imprimir

COMENTÁRIOS
 
nice 7/7/2010 8:52:53 PM
o Brasil é um país muito preguiçoso de dorminhocos imagine ninguém quer se candidatar a presidente!! Não é incrivel? E o pior há gente com dons politicos mas não querem compromisso, acho que é porque é tão dificil ue os presidenciáveis morremcedo de tanta dor de cabeça, só o Lula guenta a parada mas há muitos LULAS no Brasil.Consequentemente é uma vagareza em qualquer projeto inclusive do SEBRAE. Sim, estão trabalhando talvez pela grandeza do país este país precidsa de muito trabalho, sensibilidade, mas as pesssoas fazem que não ver. AIIIIIIIII dói né consequências. Com os milhões de anos pela frente quem sabe Deus manda pessoas que realizam a missao que ele enviou.

E você, o que acha disso?
*Título
*E-mail
*Nome
*Comentário
*País
Enviar
* Todos os campos são necessários, o email não será exibido junto ao comentário. Não serão aprovados comentários com conteúdo indecente, racista, desrespeitoso e que não seja relacionado ao assunto comentado.
ArabesQ não se responsabiliza pelo conteudo dos comentários.
Primeira dama da Síria, Asma Al-Assad, com o presidente em exercício do Sebrae, Carlos Alberto dos Santos Primeira dama da Síria, Asma Al-Assad, com o presidente em exercício do Sebrae, Carlos Alberto dos Santos
Rádio Arabesq

Países Árabes
<
Arábia Saudita Argélia Bahrein Catar Djibouti
Egito Emirados Iémen Ilhas Comores Iraque
Jordania Kuwait Líbano Líbia Marrocos (em construção)
Mauritania (em construção) Omã Palestina (em construção) Síria Somália
Sudão Tunísia
VEJA TAMBÉM
MAIS VISTOS
Taxas

Moedas

Compra

Venda

Dinar Argelino

62.85

62.96

Dinar do Bahrein

0.37

0.37

Dinar Iraquiano

1,197.60

1,198.60

Dinar Jordaniano

0.70

0.701

Dinar Kuwaitiano

0.27

0.27

Dinar Líbio

1.19

1.19

Libra Sudanesa

2.05

2.06

Dinar Tunisiano

1.17

1.17

Dirham EAU

3.67

3.68

Dirham Marroquino

7.29

7.36

Franco Comorense


Copyright © 2009 ArabesQ, todos os direitos reservados.