Principal > Economia > Notícias
Português العربية
publicidade
    Friday, November 15, 2019
ArabesQ
Newsletter

Receba as nossas notícias por e-mail


BlackBerry ameaça a segurança de alguns países árabes

 Imprimir Arabesq | 06/08/2010 A | A
Publicidade
Consciencia Jeans

A proibição de alguns serviços do BlackBerry na Arábia Saudita entrou nesta sexta em vigor parcialmente, enquanto espera-se que a companhia canadense fabricante do telefone celular e as autoridades sauditas alcancem um acordo para superar as desavenças que levaram à decisão.

Os Emirados Árabes Unidos também decidiram interromper alguns serviços do aparelho a partir de outubro desse ano, medida que pode ser seguida por, índia, Líbano e Argélia, países que estudam os perigos de segurança oferecidos por alguns serviços do BlackBerry.

Arábia

Em 1º de agosto, as autoridades da Arábia Saudita anunciaram que a partir desta sexta-feira fica suspenso o serviço BlackBerry Messenger (troca de mensagens instantâneas) por descumprimento as normas técnicas locais.

A decisão se deve a questões de segurança e também morais, vinculadas às leis sociais na Arábia Saudita, um dos países mais conservadores do Oriente Médio.

Desde a meia-noite a normativa está em vigor. Dentre as companhias que utilizam o BlackBerry com atuação no país, no entanto, só a detentora do menor mercado está adotando. As outras duas continuam oferecendo os serviços, como informaram meios de comunicação locais.

Isso gerou rumores de que as negociações entre Arábia e BlackBerry podem ter avançado. Uma fonte próxima do governo garantiu que a empresa canadense mostrou “maior flexibilidade nos últimos dias, e ambos os lados começaram a discutir questões técnicas” sem dar maiores detalhes.

Segundo fontes, os governos de alguns países desejam obter informações sobre os usuários do aparelho, as mensagens, os bate-papos e até e-mails.

A fabricante canadense de ''smartphones'' ''Blackberry'' negou, esta terça-feira, ter oferecido a alguns governos acesso aos dados de seus clientes após a decisão da Arábia Saudita e dos Emirados Árabes Unidos de suspender ou restringir a maior parte de seus serviços.

A Research in Motion (RIM) "coopera com todos os governos sob a mesma norma e o mesmo grau de respeito", informou a empresa canadense.

"Qualquer afirmação segundo a qual proporcionaríamos ou já proporcionamos algo único ao governo de um país particular, sem oferecê-lo a todos, é infundada", acrescentou a RIM em comunicado.

Com agências internacionais

 Imprimir

No momento não temos comentário, entre com o primeiro comentário aqui...
E você, o que acha disso?
*Título
*E-mail
*Nome
*Comentário
*País
Enviar
* Todos os campos são necessários, o email não será exibido junto ao comentário. Não serão aprovados comentários com conteúdo indecente, racista, desrespeitoso e que não seja relacionado ao assunto comentado.
ArabesQ não se responsabiliza pelo conteudo dos comentários.
Rádio Arabesq

Países Árabes
<
Arábia Saudita Argélia Bahrein Catar Djibouti
Egito Emirados Iémen Ilhas Comores Iraque
Jordania Kuwait Líbano Líbia Marrocos (em construção)
Mauritania (em construção) Omã Palestina (em construção) Síria Somália
Sudão Tunísia
VEJA TAMBÉM
MAIS VISTOS
Taxas

Moedas

Compra

Venda

Dinar Argelino

62.85

62.96

Dinar do Bahrein

0.37

0.37

Dinar Iraquiano

1,197.60

1,198.60

Dinar Jordaniano

0.70

0.701

Dinar Kuwaitiano

0.27

0.27

Dinar Líbio

1.19

1.19

Libra Sudanesa

2.05

2.06

Dinar Tunisiano

1.17

1.17

Dirham EAU

3.67

3.68

Dirham Marroquino

7.29

7.36

Franco Comorense


Copyright © 2009 ArabesQ, todos os direitos reservados.