Decreto real gera 52 mil novas vagas para professoras na A.Saudita

Receita de Decreto real gera 52 mil novas vagas para professoras na A.Saudita

A | A

RIYADH: Um decreto real aprovando o compartilhamento de vagas profissionais onde  duas professoras partilham a mesma posição visa reduzir o desemprego entre as mulheres na Arábia Saudita.

O decreto real deve ser implementado dentro de seis meses para criar mais oportunidades de emprego para as mulheres na educação.

Há mais de 90 mil professoras à espera de um emprego no reino árabe. Muitas delas tem a inviável opção de aceitar lecionar em áreas remotas ou manterem-se desempregadas.

O Conselho Shoura (Poder legislativo) havia discutido anteriormente maneiras diferentes para enfrentar o aumento do número de professoras desempregadas, alianda a falta de emprego com a necessidade por profissionais capacitadas em escolhas em regiões distantes dos grande centros e com número reduzido de alunos. Khalil Al-Ibrahim, Membro do comitê de educação afirmou que o conselho legislativo estuda construir pequenas escolas em regiões isoladas para melhorar a qualidade de ensino e gerar mais oportunidades de emprego.

O decreto real determinou a disponibilização de 52 mil postos de trabalho para mulheres no sector do ensino, e que as autoridades competentes, como os ministérios da Educação, Finanças e Administração Pública, devem encontrar soluções para empregar todos aqueles que estão sem emprego o mais rápido possível.

De acordo com uma fonte do Ministério da Educação, uma comissão foi criada para desenvolver um mecanismo conforme o decreto real e será anunciado em breve.