Iraque abre suas industrias aos investidores estrangeiros

Receita de Iraque abre suas industrias aos investidores estrangeiros

A | A
O Ministro Iraquiano da Indústria deseja que seu país realize acordos, ao final deste ano, que compartilham investimentos entre o governo e empresas internacionais para reabilitar 35 industrias públicas essenciais.
    
O ministro Fawzi Hariri, considera que a melhora de segurança no Iraque, atraiu 120 empresas que pretendem participar de concorrências para contratos de 10 a 15 anos envolvendo bilhões de dólares.
    
Hariri acrescentou que a avaliação das propostas por investidores estrangeiros tem o prazo final de 31 de julho para as empresas estrangeiras que aspiram a seis fábricas de cimento e um grande complexo petroquímico em Bosra, instalação de fábricas de aço e ferro,fabricas de remédios, produtos químicos, têxteis e outros.
 
Acrescentou que os investidores vão receber condições atrativas, tais como porcentagens de lucros maiores que as do governo para incentivá-los a investir recursos e tecnologia.
   
Antes da invasão americana em 2003 o Iraque investiu bilhões em infra-instrutora industrial que o fez um dia uma grande potencia regional, mas hoje se encontra desabilitada devido à desastrosa guerra americana.