Justiça de Dubai se compromete com o combate à corrupção

Receita de Justiça de Dubai se compromete com o combate à corrupção

A | A
Procurador nos emirados reforça compromisso de combate à corrupção, após divulgação de supostas investigações envolvendo grandes empresas no principado

O procurador-geral em Dubai, Issam Hamid, reforçou compromisso de combate à corrupção, suborno e ganho ilícito em todos os setores públicos e privados nos emirados, isso após divulgação de casos que afetaram empresas do primeiro escalão no Principado.

Para Issam, o Governo dos emirados, obedecendo as orientações das autoridades supremas, continuará a adotar uma posição rigorosa contra todas as formas de corrupção, utilizando dos meios judiciais contra os infratores.

O procurador acrescentou ainda, que o combate à corrupção está dentro das principais prioridades do Governo, salientando que não haveria imunidade para funcionários que usam seus postos para ganhos ilícitos. Reforçou tambem o compromisso com a transparência, prometendo divulgar os resultados das investigações em curso que envolvem, supostamente, autoridades no principado.

Issam Hamid, acredita que a corrupção é um mal que afeta o desenvolvimento mundial.

Anteriormente a estas declarações, mídias no mundo árabe divulgaram informações sobre investigações envolvendo, supostamente, oito diretores atuais e antigos, de empresas importantes nos emirados, do porte de “TAMWEEL” e “DEYAAR”, algumas das responsáveis pelo desenvolvimento de Dubai.

Outras investigações atingiriam a empresa "Palm" responsável pela construção das ilhas artificiais no principado, e o Banco Islâmico de Dubai, uma de suas maiores instituições financeiras.