Principal > Economia > Notícias
Português العربية
publicidade
    Tuesday, November 12, 2019
ArabesQ
Newsletter

Receba as nossas notícias por e-mail


US$ 100 bi do CCG para enfrentar crise

 Imprimir Al-Arabiya | 28/10/2008 A | A
Publicidade
Consciência Jeans

Fontes financeiras em Londres estimaram o tamanho dos recursos público, a serem fornecidos para assegurar a estabilidade monetária e bancária do CCG, em cerca de 100 bilhões de dólares.

"As autoridades financeiras no CCG concordaram finalmente sobre o princípio da coordenação de resposta para quaisquer danos no sector bancário, em primeiro lugar, e contribuir para prevenir quebra de instituições financeiras e de investimento", disse a fonte que não quis se identificar.

Segundo o jornal "Al-Hayat" estes recursos podem ser dobrados e representam menos de 10% do volume de recursos no Golfo.

O gabinete de ministros da Arábia Saudita, nesta segunda-feira (27), confirmou a consolidação da capacidade reguladora do setor financeiro, e que vai lidar com os desenvolvimentos recentes financeiros internacionais; e resultaou a importância da coordenação entre os países do CCG para evitar eventuais efeitos negativos sobre as economias da região, em virtude da crise, e da necessidade de alcançar equilíbrio no mercado do petróleo, evitando grandes flutuações, mas garantindo as necessidades do mercado.

O Governador da Agência Monetária da Arábia Saudita, Hamad Al-Sayari, disse: Os acentuados declínios no mercado de ações são provocados pela fragilidade de confiança do investidor Saudita após a turbulência financeira global, e não pelos fundamentos econômicos que se encontram em ótimas condições.

O Governador do Banco Central dos Emirados Árabes Unidos (EAU), Sultão Nasser Al Suwaidi, acredita que o setor bancário está melhorando, já que conta com uma boa proteção. E garantiu que as autoridades dos EAU estão prontas para prestar assistência adicional, se necessário, apesar de os EAU terem atribuído, apenas, 18 bi dólares para apoiar os bancos locais.

Liquidez Dos Bancos

No Kuwait, o Banco do Golfo sofreu perdas no valor de 800 milhões de dólares nos mercados derivativos, e o Governo tem designado até 12 bilhões de dólares do Banco Central e da Autoridade Geral de Investimento para garantir a liquidez dos bancos e sociedades de investimento através dos fundos de capital, alem de garantir a maioria dos depósitos.

O perito em "Barclays Capital", John Fox, que fornece conselhos para empresários no Golfo e empresas privadas, avaliou que o volume de investimentos públicos e privados na Grã-Bretanha e na Irlanda, é entre 200 e 250 bilhões de libras esterlinas, dos quais 30% em imóveis residenciais e comerciais.

Apesar do perito disser que a maior parte dos prejuízos do Golfo se resume a papeis, no entanto, a falta de crescimento nos próximos anos representa o prejuízo real, já que pelo menos dois anos serão destinados a restabelecer o valor dos investimentos para níveis pré-crise.

Tradução: Portal Arabesq

 Imprimir

No momento não temos comentário, entre com o primeiro comentário aqui...
E você, o que acha disso?
*Título
*E-mail
*Nome
*Comentário
*País
Enviar
* Todos os campos são necessários, o email não será exibido junto ao comentário. Não serão aprovados comentários com conteúdo indecente, racista, desrespeitoso e que não seja relacionado ao assunto comentado.
ArabesQ não se responsabiliza pelo conteudo dos comentários.
Rádio Arabesq

Países Árabes