Sem Azarenka, Radwanska conquista primeiro troféu de 2012 em Dubai

Receita de Sem Azarenka, Radwanska conquista primeiro troféu de 2012 em Dubai

A | A
A polonesa Agnieszka Radwanska confirmou seu favoritismo e derrotou neste sábado a alemã Julia Goerges, conquistando o título do WTA Premier de Dubai.

A polonesa Agnieszka Radwanska confirmou seu favoritismo e derrotou neste sábado a alemã Julia Goerges, conquistando o título do WTA Premier de Dubai. A vitória, em sets diretos, veio com parciais de 7/5 e 6/4, em uma hora e 44 minutos.

Radwanska, número seis do mundo, consegue, assim, seu primeiro título na temporada e o sétimo na carreira. O melhor resultado da polonesa em 2012 havia sido a semifinal, fase em que alcançou duas vezes, nos torneios WTA de Sydney e Doha. Em ambas as oportunidades a polonesa foi derrotada pela número um do mundo Victoria Azarenka (que também bateu Radwanska no Aberto da Austrália).

Contra Goerges, Radwanska venceu sem maiores problemas. No primeiro set, a polonesa abriu de cara 2 a 0. Vantagem que seria desfeita em seguida pela alemã, que devolveu a quebra e equilibrou o jogo até o décimo game. Quando a partida estava empatada e 5 a 5, Radwanska conseguiu mais uma quebra e fechou o primeiro set: 7/5.

A vitória no primeiro set aumentou a confiança de Radwanska, que, com uma quebra no terceiro game da segunda parcial, chegou a 3 a 1. Com a vantagem, bastou à polonesa confirmar seus serviços, e foi isso que ela fez, para finalizar o jogo sacando no décimo game: 6/4.

Embora não se trate de um torneio de Grand Slam, a vitória em Dubai é muito importante para a carreira da polonesa, já que o torneio Premier (os mais importantes depois dos Grand Slams e das finais da WTA) de Dubai recebia as principais estrelas do circuito.

Uma das poucas exceções é Azarenka, que abdicou da competição alegando contusão e vai seguir sendo, pelo menos até a próxima competição, a pedra no sapato de Radwanska.

Lembra as confusões com Azarenka
Freguês de Azarenka, Radwanska, hoje campeã, ganhou as manchetes nas últimas semanas por criticar abertamente a número um do mundo. Em entrevista coletiva concedida na última quinta-feira, Radwanska criticou a rival por supostamente ter fingido uma contusão na semifinal em Doha.

Semanas antes, ela havia falado do excesso de gritos de jogadoras como a russa Maria Sharapova e a própria Azarenka, depois de ser derrotada pela mesma nas quartas de final do Aberto da Austrália.

Em entrevistas depois daquela partida, a polonesa descreveu os gritos altos do tênis atual como "muito altos" e "extremamente irritantes".

Questionada nesta quinta pela imprensa novamente sobre os tais gritos "irritantes", Radwanska voltou a criticar as rivais. "Claro que todos podem fazer barulho. Isso é tênis. Mas eu acho que ela exagera um pouco. Não é necessário gritar tão alto. Então, se a WTA quiser fazer algo contra... Por que não?", sugeriu.