Principal > Política > Notícias
Português العربية
    Sunday, December 15, 2019
ArabesQ
Newsletter

Receba as nossas notícias por e-mail


O FIM DE MOAMMAR KADAFI

 Imprimir Arabesq | 20/10/2011 A | A
Publicidade
Consciência Jeans

O deposto líder líbio Muammar Khadafi foi hoje morto na batalha de Sirte, anunciaram comandantes militares do governo de transição da Líbia, acrescentando que o coronel foi ferido em ambas as pernas e na cabeça. O corpo terá sido já levado para Misurata.

Segundo a Al-Jazira o cadáver do coronel, que governou a Líbia com "punho de ferro" durante 42 anos, foi levado para uma mesquita de Misurata; de acordo com a Al-Arabyia o corpo está numa zona comercial daquela cidade, já há vários meses sob o controlo das forças revolucionárias no país.

"Anunciamos ao mundo inteiro que Khadafi foi morto pelas mãos das forças revolucionárias", declarou oficialmente ao início desta tarde o porta-voz do Conselho Nacional de Transição líbio (CNT), Abdel Hafez Ghoga, numa conferência de imprensa em Bengasi, sede do poder. "É um momento histórico, é o fim da tirania e da ditadura. Khadafi encontrou o seu destino", regozijou-se.

Ghoga explicou ter recebido a confirmação da morte do coronel pelos "comandantes [militares] no terreno em Sirte" – "os mesmos que capturaram Khadafi, que tinha sido ferido na batalha" naquela cidade esta manhã, insistiu. "Temos também informações de que um comboio foi bombardeado pela NATO, no qual ele estaria em fuga de Sirte. Algumas informações ainda dão conta que os filhos de Khadafi estavam nessa caravana, o que estamos tentando confirmar", avançou.

A agência britânica Reuters revelou entretanto ter recebido um vídeo em que se pode ver o filho de Khadafi Moutassim deitado numa cama, coberto de sangue, "ferido mas claramente vivo no momento em que as imagens foram feitas".

Uma fonte militar do CNT anunciou porém que Moutassim foi morto por combatentes das forças de transição quando tentou "resistir", e que outro dos filhos do coronel, Saif al-Islam, está tentando fugir de Sirte pelo deserto, tendo sido já cercado e que a sua captura está iminente.

Comandantes do CNT tinham relatado que Khadafi morreu devido aos ferimentos sofridos durante a batalha pela conquista de Sirte contra seus últimos combatentes leais. "[Khadafi] foi ferido nas pernas e também na cabeça. Houve muitos tiros contra o grupo em que ele estava e ele morreu", descreveu Abdel Majid Mlegta à Reuters. Esta mesma fonte havia relatado horas mais cedo que o coronel tinha sido ferido quando tentava fugir, de madrugada, num comboio que foi atacado por aviões da NATO.

Da NATO veio já a confirmação oficial de que os seus aviões atacaram um comboio saindo de Sirte, nas primeiras horas da manhã de hoje, mas sem admitir nem rejeitar que Khadafi se encontrava em algum dos veículos atingidos pelo ataque aéreo.

A televisão líbia Al-Ahrar difundiu uma imagem como sendo do cadáver de Khadafi, com o tronco e cabeça ensanguentados e os olhos abertos, rodeado por outras pessoas. Outras imagens, de uns seis segundos de vídeo, obtidas pela agência Getty e transmitidas pela CNN, mostram o corpo sendo retirado de uma camionete.

Outro comandante das forças envolvidas na tomada da cidade natal do "Mad Dog" ("cão raivoso") afirmou pela manhã que Khadafi tinha sido "gravemente ferido mas ainda respirava”. Esta fonte, que integra as unidades que combateram na zona oeste de Sirte, afirmou ainda à agência francesa AFP ter visto o deposto líder “com os próprios olhos” e descreveu que vestia uma túnica e um turbante.

Um combatente do CNT relatou por outro lado à Reuters que Khadafi estava escondido “num buraco” de onde saiu gritando “não disparem, não disparem”. A CNN mostrou imagens de combatentes das forças de transição indicando dois largos de cimento, por onde alegadamente Khadafi tentou escapar quando foi capturado.

Segundo a televisão Líbia Livre, o ditador foi capturado junto com o seu filho Moutassim, o antigo chefe dos serviços de segurança Mansour Daou e o ex-chefe dos serviços secretos Abdallah Senoussi.

Uma televisão pró-Khadafi desmentiu entretanto, no seu site, "a captura ou morte" de Khadafi. "As informações divulgadas pelos lacaios da NATO sobre a captura ou morte do irmão líder Muammar Khadafi não têm fundamento", garantindo de que o coronel "está de boa saúde". Os Estados Unidos e a NATO sublinharam não terem meios para confirmar nem negar a captura de Khadafi, cujo regime caiu simbolicamente com a conquista da capital, Trípoli, em 21 de Agosto, pelas forças militares do CNT, a única “autoridade legítima” atualmente reconhecida na Líbia pela maioria da comunidade internacional.

Se confirmada, a morte de Khadafi ocorre sete meses após o início da intervenção da OTAN, através do mandatado das Nações Unidas para “proteger os civis líbios”, e oito meses depois de eclodir o movimento de rebelião no país, em que as primeiras manifestações foram reprimidas violentamente pelo regime.

Com agências internacionais

 Imprimir
COMENTÁRIOS
 
BETH 10/20/2011 4:29:29 PM
QUANDO SE REFERE A MORTE DE UM SER HUMANO NINGUEM GOSTA DE VER AQUI NÓS NÃO FAZEMOS GUERRA ENTÃO COMPLICADO MAS ACHO QUE ELE NÃO DIGNO PARA SER PRESIDENTE DE UM PAÍS MAS HUMANAMENTE A GUERRA SEMPRE CAUSA DOR PARA TODOS

Edson Alberton 10/20/2011 7:07:12 PM
Obama e a União Européia podem comemorar.... Água, petróleo, riquezas naturais e principalmente a neocolonização da Africa estão sob controle ocidental....Pelos vídeos vistos, Gadaffi morre assassinado quando já estava subjugado.....são os ratos da OTAM que, além de tudo, são covardes.

Elba andrade 10/20/2011 7:10:34 PM
Espero que isso sirva de exemplo para todo o Oriente médio, porque ficar tanto tempo no governo ,estamos em 2011,isso não existe mais,eles tem qu evoluir!

clarice 10/20/2011 7:15:20 PM
tomara que esse povo tão sofrido tenha realmente liberdade!!! será mesmo o fim de uma opressão???

Celia 10/22/2011 11:44:09 AM
A ONU cobra dos guerrilheiros que assassinaram Kadafi ausência de direitos humanos. Quer dizer que bombardear comboios pode - só mata à distância. Mas matar à queima roupa não pode. Na guerra, não existem direitos humanos, só dor e sangue.

Cacau Jafet 10/22/2011 6:40:00 PM
Eu assisti o video! E o que ví foi um assassinato BÁRBARO E CRUEL!!! Ghadafi já estava rendido!!!! Foi um crime e dos mais covardes que já aconteceu este ano!! E isto que é chamado de DEMOCRACIA????Agora Obama e a União Europeia comemoram as riquezas roubadas,enquanto a massa emburrecida assiste a tudo e ainda aplaude!!!! Agora eu gostária de perguntar?QUEM SÂO OS TERRORISTAS????

Mario Sabino 10/22/2011 7:45:14 PM
Que a Paz esteja com todos. Todo poder conseguido por força sera tomado pela força. Saddan encontrado em buraco, Kadhafi em esgoto. E triste fim para pessoas que tiveram a oportunidade de cuidar de seu povo, mas viraram as costas e tornaram seus opressores, mas nao so no oriente, ainda existe Fidel e na China pior ainda... E qual final de Bashar o leão que devora seu povo tambem... e depois deles ,seram melhores governantes, Fim ou recomeço... Allah u Akbar.

toli 10/22/2011 11:51:02 PM
Quem procura um tirano se torna seu escravo ainda que a ele chegue livre. Dos versos de Sófocles

Edmundo 10/23/2011 10:01:38 AM
Todos este ditadores tiveram oportunidades para fazer seu povo prospero e feliz, porém, escolheram o contrario, pelo egoismo e ambição desmedida. A não ser Sadam que foi morto por um terrorista maior do que ele - Bush. Os outros colheram o que plantaram, Bashar que fique de olho, pois seu fim não será diferente.

benjamim do nascimento pereira 10/23/2011 7:36:30 PM
Estão tentando destruir os últimos regime de ordem e respeito no mundo, para implantarem as falsas democracias como a do brasil um pais que se diz Cristão e os governantes não respeitam os princípios bíblicos, onde só se ver imoralidade ,violência e impunidade. eu quero ver esses covardes mexerem com Marmudeh no Irã ou com a Coreia do norte

12
E você, o que acha disso?
*Título
*E-mail
*Nome
*Comentário
*País
Enviar
* Todos os campos são necessários, o email não será exibido junto ao comentário. Não serão aprovados comentários com conteúdo indecente, racista, desrespeitoso e que não seja relacionado ao assunto comentado.
ArabesQ não se responsabiliza pelo conteudo dos comentários.
Rádio Arabesq
Veja Também

+ Populares

Copyright © 2009 ArabesQ, todos os direitos reservados.